Uploader: Reuben
Country: Portugal
Uploaded: Sep 20, 2018
Price: Free
Rating: Based on 1 user ratings

Please, verify you are not robot to load rest of pages

download regencia verbal e nominal pdf

REGÊNCIA
VERBAL E NOMINAL
GRAMÁTICA
REGÊNCIA
VERBAL E NOMINAL
REGÊNCIA VERBAL
PAG A R E PE R D OAR :
A regência verbal é a relação entre o verbo e seu
complemento, além do uso ou não de algumas
preposições. Cuidado com o SENTIDO dos verbos
e o uso no CONTEXTO!
—  Coisa = V.T.D. (sem preposição)
ASPI R AR com senti do de:
Ex.: Perdoamos aos pais.
—  Inalar = V.T.D. (sem preposição)
—  Coisa à pessoa = V.T.D.I. (bitransitivo)
Ex.: Aspiramos o cheiro das flores.
Ex.: Pagamos ao banco o financiamento.
Ex.: Pagamos a dívida.
—  Pessoa = V.T.I. (com preposição: A, À, AO)
—  Desejar = V.T.I. (com preposição: A, À, AO)
AG R ADA R c o m s e n t i d o d e :
Ex.: Aspiramos à vaga na faculdade.
—  Acariciar = V.T.D. (sem preposição)
A SSI STI R com senti do de:
—  Ver = V.T.I. (com preposição: A, À, AO)
Ex.: A garotinha agradou o cachorrinho.
Ex.: Assistimos ao jogo ontem.
—  Satisfazer = V.T.I. (com preposição: A, À, AO)
—  Ajudar = V.T.D. (sem preposição)
Ex.: O palestrante agradou ao público.
Ex.: A ONU assistiu os refugiados.
—  Morar = V.I. (sem preposição; com adj. adv. de lugar)
VI S AR c o m s e n t i d o d e :
Ex.: Eles assistem em Florianópolis.
—  Pôr visto = V.T.D. (sem preposição)
—  Caber = V.T.I. (com preposição: A, À, AO)
Ex.: A comissária visou o nosso passaporte.
Ex.: Respeito assiste a todos os cidadãos.
—  Apontar, mirar = V.T.D. (sem preposição)
Ex.: O atirador visou o alvo.
QUER ER co m senti do de:
—  Desejar = V.T.D. (sem preposição)
Ex.: Queremos muito a copa.
—  Estimar, querer bem, gostar = V.T.I. (com preposição: A, À, AO)
Ex.: Os professores querem bem aos alunos.
—  Desejar, ambicionar = V.T.I. (com preposição:
A, À, AO)
Ex.: Nós visamos à vaga na universidade.
I R E C H E G AR
Sempre V.T.I. (com preposição: A, À, AO)
São V.I. (sem complemento; na verdade eles possuem
adjuntos adverbiais de lugar). Além disso, são usados
com preposição: a, à, ao.
Ex.: Nunca desobedeça aos pais.
Ex.: Hoje cedo chegaremos ao cursinho.
O BEDECER / DES OBECER
w w w.mund oe d u. c om. b r
CERTI F I CAR, INFORMAR E AVIS A R
Contente com, de, em, por
Sempre V.T.D.I. (bitransitivos). Cuidado: esses verbos
exigem dois complementos: um objeto direto (sem
prep.) e um objeto indireto (com prep.)
Contíguo a
Ex.: Informamos aos alunos o resultado do simulado.
Desatento a
O. I.
O.D.
Cuidadoso com, para com
Curioso de
Desleal a
P R EF ER I R
Devoção a, para com, por
É V.T.D.I. Cuidado: Esse verbo é usado com a preposição A. Então, nunca escreva assim: Prefiro churrasco do que sushi.
Empenho de, em, por
O correto é: Prefiro churrasco a sushi.
Falta a, com, para
O.D.
O. I.
Essencial para
Estranho a
Fiel a
Fraco para, com, de, em
ATENÇÃO
Hábil em
LHE x A ELE(A)
Hostil a, para com
Quando o objeto indireto for coisa , usa-se a ele (a).
Impaciência com
Ex.: Visam à vaga. Visam A ELA.
Importante contra, para
Quando o objeto indireto for pessoa, usa-se lhe.
Ex.: Perdoou ao filho. Perdoou-LHE.
Imune a, de
Incapaz de, para
Incrível para
Indeciso em
REGÊNCIA NOMINAL
Junto a, de
A regência nominal é a relação entre substantivos,